Publicada em 22/06/2017.
Homem de 72 anos é aprovado no vestibular da Famasul

Morador da cidade, Eronides Correia decidiu enfrentar a sala de aula na terceira idade para conseguir seu diploma de terceiro grau.

 

O hábito da leitura sempre fez parte do dia-a-dia do senhor Eronides Correia, de 72 anos. Mesmo tendo estudado regularmente apenas até o primário, na já distante década de 50, e ter se afastado as rotina escolar desde então, a sede pelo conhecimento sempre o atraiu para o universo dos livros. E foi justamente essa vontade inata de aprender e de aperfeiçoar os conhecimentos que o levou a enfrentar o último vestibular da FAMASUL e garantir uma das vagas do curso de Licenciatura em História da instituição.

Para se preparar adequadamente e realizar o sonho do ensino superior, Eronides primeiramente se matriculou em uma sala de aula do programa EJA (Educação de Jovens e Adultos), na escola Profa. Galtemir Lins. Depois de um período de formação regular, que lhe deu o diploma de ensino médio, ele decidiu se preparar para a prova de redação da faculdade, visando à oportunidade de ingresso na instituição.

Questionado se achou a prova complicada, ele disse que não sentiu nenhuma dificuldade, pois já trabalha diariamente que redação de atas. No entanto, ele enfatizou certo nível de tensão no dia do vestibular:

- “Eu não achei difícil, mas fiquei com a tensão nervosa. Mas como se tratava de uma redação e eu já trabalhava redigindo atas, para mim não foi difícil a preparação”, explicou.

Se a vida no sudeste do Brasil, para onde foi com a família em meados da década de 50, não foi muito fácil no começo, a superação das dificuldades deu-lhe a oportunidade de constituir família e de ajudar na formação superior de seus filhos. Agora, com 72 anos, decidiu ele mesmo investir na própria formação, pois, segundo suas próprias palavras, “o saber nunca tem limite e, na escola da vida, nunca tiramos diploma”:

- “Eu voltei a estudar primeiramente para melhorar os meus conhecimentos, mesmo sabendo que talvez não tenha tanta utilidade por causa da idade, mas a vontade de aprender e de prosperar no conhecimento é muito grande. Eu me matriculei, estou feliz”, disse.

EXEMPLO DE SUPERAÇÃO

Com o início do semestre letivo em agosto, Eronides será o aluno mais velho a estudar na Famasul. Para o professor Flávio Miranda, diretor da FAMASUL/FACIP, o exemplo dado por ele pode servir de incentivo a que outros na mesma faixa etária também busquem ingresso no terceiro grau:

- “É uma alegria muito grande termos um estudante como o senhor Eronides, que chega ao ensino superior já nesta idade, tendo em vista que a maioria dos nossos estudantes, seja no ensino médio ou na faculdade, ainda estão na juventude. E é muito interessante observar que, enquanto muitos chegam na terceira idade pensando em ‘pendurar as chuteiras”, ele está se esforçando para buscar o ensino superior”, destacou.

Apesar de já concluída a primeira fase do vestibular 2017.2, as instituições sob a coordenação da AEMASUL realizarão uma fase suplementar em julho para o preenchimento das vagas disponíveis.

Copyright © 2017 Famasul - todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rodrigo TI